Formulações Magistrais para Uso Pediátrico

27 de outubro de 2009

0 comentários

USO EXTERNO

1 - Pasta d`água Simples:
Óxido de zinco 25g
Talco 25g
Glicerina 25g
Água de cal 25g

PREPARO: Em recipiente adequado, reduzir os componentes sólidos da formulação a pó fino. Verter a glicerina sobre o pulverizado e misturar. Adicionar água de cal e misturar até consistência de pasta homogênea.

ADVERTÊNCIAS: Agitar antes de usar. Manter fora do alcance de crianças.
Principais indicações terapêuticas: Antisséptico, secativo e cicatrizante.
Modo de usar: Uso externo. Aplicar nas áreas afetadas, duas a três vezes ao dia, exceto em zonas pilosas.

2 - Pasta d`água Mentolada:
Mentol 0,1 à 0,5%
Pasta d`água simples qsp. 100mL
Indicações: Brotoeja

3 - Pasta d`água com Enxofre:
Enxofre 20%
Pasta d`água simples qsp. 100mL
Indicações: Escabiose

4 - Solução Anti-séptica Nasal:
Cloreto de Sódio 0,9%
Cloreto de Benzalcônio 0,1%
Água Destilada qsp. 30 mL

5 - Loção para Miliária (Brotoeja):
Calamina 3 g
Oxido de Zinco 15 g
Talco Farmacêutico 15 g
Glicerina 15 g
Água de Cal 15 g
Indicações: Brotoeja

6 - Loção Repelente de Insetos:
Óleo de Citronela 1 à 8%
Óleo de Andiroba 1 à 8%
Indicações: Óleo de Andiroba possui ação cicatrizante.


7 - Creme contra Assaduras:
Vitamina A 5000 UI
Vitamina E 100 UI
Óleo de Amêndoas Doces 3%
Creme lanete base qsp. 100 g

8 - Loção para Limpeza:
Irgasan 0,5%
Loção lanete qsp. 100 g
Indicações: Limpeza de região da fralda.


USO INTERNO

9 - Xarope de Ácido Lático:
Ácido Lático 10%
Xarope Simples Sabor Framboesa qsp. 100 mL
Indicações: Amigdalite

10 - Xarope de Cetotifeno:
Cetotifeno 1mg / 5mL
Xarope Simples qsp. 100 mL
Indicações: Alergias

11- Xarope de Hidroxizine:
Hidroxizine 0,2%
Xarope Simples qsp. 100 mL
Indicações: Alergias

12- Xarope de Amoxacilina:
Amoxacilina 250 mg / 5mL
Xarope Simples Sabor Framboesa qsp. 100 mL
Indicações: Infecções bacterianas

13- Xarope de Amoxicilina com Clavulanato de Potássio:
Amoxicilina 250 mg / 5mL
Clavulanato de potássio 125 ou 62,5 mg / 5mL
Xarope Simples Sabor Framboesa qsp. 100 mL
Indicações: Infecções bacterianas

14- Paracetamol em Gotas:
Paracetamol 200 mg / 1 mL
Solução de Sorbitol qsp. 30 mL
Indicações – Analgésico e Anti-térmico

15- Fluconazol:
Candidíase orofaringeal: 3 mg por kg de peso, uma vez ao dia por no mínimo 3 semanas ou 2 semanas após remissão dos sintomas.

Meningite criptocócica: 6 a 12 mg por kg de peso, uma vez ao dia, por no mínimo 10 a 12 semanas após cultura negativa do liquor.

16- Xarope Ortomolecular para estimular o crescimento e a apetite:
Arginina L 500 mg / 5mL
Carnitina L 100 mg / 5mL
Triptofano L 100 mg / 5mL
Lisina L 100 mg / 5mL
Vitamina A 100 ui / 5mL
Vitamina B12 50 mcg / 5mL
Vitamina C 200 mg / 5mL
Vitamina D3 400 ui / 5mL
Ácido Fólico 1 mg / 5mL
Xarope Simples Sabor Framboesa qsp. 150 mL

17- Xarope Ortomolecular para combate à anemia:
Ferro Quelato 30 mg / 5mL
Ácido Fólico 250 mcg / 5mL
Xarope Simples Sabor Framboesa qsp. 150 mL
Posologia : Tomar 1 colher de chá (5 mL) 1 vez ao dia antes de uma refeição.

18- Xarope Orexígeno:
Ciproheptadina 0,5 mg / 5mL
Arginina 50 mg / 5mL
Ácido Glutâmico 50 mg / 5mL
Lisina 125 mg / 5mL
Carnitina 125 mg / 5mL
Xarope Simples Sabor Framboesa qsp. 100 mL

19- Xarope fitoterápico natural:
Própolis 2%
Mel 5%
Extrato Fluido de Agrião 2%
Extrato Fluido de Guaco 1%
Extrato Fluido de Assa Peixe 2%
Extrato Fluido de Eucalipto 2%
Xarope Simples Sabor Framboesa qsp. 150 mL

20- Combate à Bronquite Alérgica:
Magnésio Quelato 100 mg / 5mL
Zinco Quelato 15 mg / 5mL
Cobre Quelato 1 mg / 5mL
Manganês Quelato 5 mg / 5mL
Selênio Quelato 20 mcg / 5mL
Vitamina C 200 mg / 5mL
Vitamina E 100 UI / 5mL
Xarope Simples Sabor Framboesa qsp. 100 mL

Posologia: Tomar 5mL (colher de chá) 1 vez ao dia antes das refeições.
OBS: Dose para crianças acima de 2 anos de idade. Para crianças menores, dividir a dose por 2.

BIBLIOGRAFIA:
Harrison´s 14th Edition.
United States Pharmacopeia 1998.
Farmacopéia Brasileira. 4 edição.
Dicionário Terapêutico Guanabara 2002.
Formulário Médico Farmacêutico. 2 edição.

Manipulação de Pellets: aspectos críticos e controle de qualidade

26 de outubro de 2009

1 comentários
Link para download do artigo completo - 155Kb


Dentre as diversas formas farmacêuticas sólidas, destinadas à administração oral, estão incluídos os pellets. As formas farmacêuticas peletizadas datam dos anos 50, quando o primeiro produto foi introduzido no mercado.

O interesse por fármacos veiculados na forma de pellets tem crescido devido às vantagens tecnológicas e terapêuticas proporcionadas por esta forma. Destacam-se a possibilidade de obtenção de sistemas de liberação imediata ou modificada (liberação entérica, liberação prolongada) através do revestimento por película na sua superfície ou a presença de sistemas matriciais em sua composição; ótimas propriedades de escoamento (fluxo livre) devido, principalmente, a seu formato esférico e estreita distribuição do tamanho das partículas.

Além disso, pellets de substâncias incompatíveis (formuladas em pellets separados) podem ser combinados em uma mesma unidade medicamentosa (ex. em uma mesma cápsula), bem como também podem ser combinados pellets de uma mesma substância com diferentes perfis de liberação. Os pellets são normalmente empregados no enchimento de cápsulas duras e podem também ser aplicados na fabricação de comprimidos.
 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB