Manipulação de Pellets: aspectos críticos e controle de qualidade

26 de outubro de 2009

Link para download do artigo completo - 155Kb


Dentre as diversas formas farmacêuticas sólidas, destinadas à administração oral, estão incluídos os pellets. As formas farmacêuticas peletizadas datam dos anos 50, quando o primeiro produto foi introduzido no mercado.

O interesse por fármacos veiculados na forma de pellets tem crescido devido às vantagens tecnológicas e terapêuticas proporcionadas por esta forma. Destacam-se a possibilidade de obtenção de sistemas de liberação imediata ou modificada (liberação entérica, liberação prolongada) através do revestimento por película na sua superfície ou a presença de sistemas matriciais em sua composição; ótimas propriedades de escoamento (fluxo livre) devido, principalmente, a seu formato esférico e estreita distribuição do tamanho das partículas.

Além disso, pellets de substâncias incompatíveis (formuladas em pellets separados) podem ser combinados em uma mesma unidade medicamentosa (ex. em uma mesma cápsula), bem como também podem ser combinados pellets de uma mesma substância com diferentes perfis de liberação. Os pellets são normalmente empregados no enchimento de cápsulas duras e podem também ser aplicados na fabricação de comprimidos.

1 comentários:

Anônimo disse...

GOSTEI DO MATERIAL SOB MANIPULAÇÃO E CQ DE PELLETS POREM NÃO CONSIGO BAIXAR O ARQUIVO
ME AJUDEM

EDNA
FARMACEUTICA
CORUMBA MS

Postar um comentário

 

Posts Comments

©2006-2010 ·TNB